O que se sabe (pouco) e diz (muito)

Dantes é que era

 

      Creio que foi à saída da missa na Sé Catedral da Guarda. Estavam lá repórteres da televisão, pois claro. Uma senhora — dessas de antigamente, com uma 4.ª classe sólida que, aposto, não trocaria por um mestrado de hoje em dia — falou no «coravírus ou lá o que é» que para aí anda.

 

[Texto 13 481]

Helder Guégués às 09:00 | favorito
Etiquetas: ,