O vocativo e a pontuação

Não perdoamos

 

      «Foi revelada a carta que a namorada do ator Jim Carrey deixou antes de morrer. Na mensagem, Cathriona White pede desculpa ao companheiro: “Amo-te Jim, por favor perdoa-me... Não faço parte deste mundo”, escreveu» («Carta de suicídio revelada. “Amo-te Jim, por favor perdoa-me”», Correio da Manhã, 9.10.2015, p. 45).

      Já esta pontuação é deste mundo — ou da parte do mundo que não sabe pontuar. Ao escriba do Correio da Manhã: «Jim, I love you. Please forgive me. I’m not for this world.»

 

[Texto 6306]

Helder Guégués às 10:36 | favorito