Onomatopeia: «dang dang»

De tão raras

 

      «Os carris também serão novos: em vez de barras de aço curtas, que deixam um pequeno espaço entre eles (e que provocam o habitual “dang dang” à passagem dos comboios), serão colocadas barras de aço longas, soldadas, que eliminam esse intervalo e permitem que as rodas circulem sobre um carril contínuo» («Linha entre Chelas e Braço de Prata vai ser reabilitada», Carlos Cipriano, Público, 15.05.2018, p. 23).

      Não posso deixar escapar uma oportunidade de registar aqui as onomatopeias que vou vendo. (Não sabia que os carris podiam ser contínuos. Sabiam?)

 

[Texto 9222]

Helder Guégués às 11:47 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,