Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Ortografia: «Estado-membro»

Desnorte completo

 

      «E têm sido guerras e o colapso de Estados e suas economias a levar o desespero a Lampedusa e Calais. Preferimos muros e arame farpado a rotas legais e orientadas por todos para impedir que as máfias lucrem com a desgraça alheia. Preferimos gastar milhões a patrulhar roteiros de quem foge à morte, a partilhar entre Estados membros uma integração excecional, chamando-lhes “praga”, atiçando os cães e engrossando o arame» («Batemos no fundo», Bernardo Pires de Lima, Diário de Notícias, 4.08.2015, p. 36).

    Não é, eu sei, jornalista, mas os jornalistas do Diário de Notícias escrevem da mesma maneira. Depois do Acordo Ortográfico de 1990, passaram a escrever «Estado membro» assim, sem hífen. Por que bulas o fazem, diacho? E lá está a mentira da «praga».

 

[Texto 6132]

1 comentário

Comentar post