Ortografia: «Hiderabade»

Por pouco

 

      «Mas [Jorge Veiga e Castro] não contava que lhe caísse uma grua de televisão em cima, no palco de um auditório em Haiderabade, na Índia» («Na Índia fazem-lhe vénias», Raquel Lito, Sábado, 16.04.2015, p. 82).

    É uma boa tentativa, sim senhor — mas Rebelo Gonçalves, na página 528 do seu Vocabulário da Língua Portuguesa, já regista Hiderabade, e de certeza que não estava a pensar que aquele i se lesse ai.

 

[Texto 5763]

Helder Guégués às 14:49 | favorito
Etiquetas: ,