Ortografia: «meia-volta»

Sem contrição

 

 

      «He turned back.» Não interessa agora quem nem em que livro. A frase deve repetir-se em milhares de obras. «Deu meia volta», escreveu a tradutora, o que, argumentará, fez porque segue as novas regras ortográficas. É a tal interpretação decepadora de cc, pp e hífenes do Acordo Ortográfico de 1990 que já tenho condenado e lamentado. O pior é que a serpente emplumada do erro até no cérebro dos revisores se insinua.

 

[Texto 4586]

Helder Guégués às 11:03 | comentar | favorito
Etiquetas: