Ortografia: «predestinado»

É convicção

 

 

      «Porém, a ideia de algo pré-destinado [foreordained] é capaz de abalar a mente mesmo do mais racional  dos homens, e Treslove não era propriamente o mais racional dos homens» (A Questão Finkler, Howard Jacobson. Tradução de Alcinda Marinho. Porto: Porto Editora, 2011, 2.ª ed., p. 74).

      É das tais que vejo uma vez por mês mal escritas. Estão absolutamente convencidos de que existe um «pré-destinar» e, por isso, «pré-destinado». «Predeterminado» e «preestabelecido» são vítimas da mesma ignorância.

 

[Texto 4575]

Helder Guégués às 22:50 | favorito
Etiquetas: ,