Ortografia: «superjuiz»

Casos perdidos

 

   «Embora admitindo que alguns dos artigos publicados sobre a detenção do banqueiro indiciavam violação do segredo de justiça — não sendo o caso do trabalho do jornalista da Visão, que, naquela altura, nem sequer escreveu sobre este tema —, a procuradora encarregue [sic] deste inquérito acabou por arquivar o processo, até por o denunciante desconhecer o teor das respostas dadas por Ricardo Salgado durante o interrogatório. Este não será o único processo do super-juiz envolvendo violação do segredo de justiça» («Denúncia anónima acusou juiz Carlos Alexandre de violar segredo de justiça», Ana Henriques, Público, 2.03.2015, p. 6).

   Ana Henriques, então não é superjuiz que se escreve, tal como superjornalista? Claro que isto de «superjuiz» é parvoíce da comunicação social, mas ainda pior é escreverem com erros.

 

[Texto 5620]

Helder Guégués às 15:10 | comentar | favorito
Etiquetas: ,