Ortografia: «superporta-aviões»

Sei lá se é gralha

 

      «O termo “sopa” parecerá quase benévolo para descrever tamanho problema. Basta pensar que os súperporta-aviões Nimitz, da Marinha norte-americana, deslocam um peso na ordem das 100 mil toneladas para se ter uma noção da enormidade do impacto ambiental deste material, inventado há pouco mais de 150 anos» («Uma gigantesca “sopa” feita com 270 mil toneladas de plástico», Pedro Sousa Tavares, Diário de Notícias, 12.12.2014, p. 24).

 

[Texto 5365]

Helder Guégués às 21:02 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,