Ortografia: «terceiro-oficial»

Mas é o que significa

 

 

       «Era o terceiro oficial que estava ao comando do navio Sewol, quando este começou a afundar-se durante a ligação entre Incheon, Oeste de Seul, e a ilha turística de Jeju, Sudoeste. O promotor Yang Jung-jin revelou que o piloto, de 25 anos, estava a navegar aquelas águas pela primeira vez e viu a sua tarefa dificultada pelo nevoeiro e pelas rápidas correntes» («Comandante pediu aos passageiros para não saltar», Maria João Caetano, Diário de Notícias, 20.04.2014, p. 30).

      Por analogia com outros vocábulos compostos semelhantes, só pode ser «terceiro-oficial». E lá está o «promotor», porque os jornalistas estão completamente imbuídos de inglês. E, por fim, reparem no título: «Comandante pediu aos passageiros para não saltar». Ou seja, o comandante pediu autorização aos passageiros para não saltar, decerto para os ajudar. É assim, cara Maria João Caetano?

 

[Texto 4430]

Helder Guégués às 10:50 | comentar | favorito