Ortografia: «Tunes»

E há os empatas

 

      Claro que depois também aparecem estes empatas desinformados: «O leitor Mário Rodrigues entende que o PÚBLICO utiliza a denominação [sic] Tunes quando lhe parece que deve ser Túnis. Consultei o Livro de Estilo do PÚBLICO,
 o Ciberdúvidas da Língua Portuguesa e o Prontuário Ortográfico e Guia da Língua Portuguesa de Magnus Bergström e Neves Reis (42.ª edição da Editorial Notícias, 2002), e todos designam Tunes como capital da Tunísia» («Tunes ou Túnis», José Manuel Paquete de Oliveira, Público, 22.03.2015, p. 57).

      Isso mesmo. Se há quem afirme que são ambos admissíveis, ninguém diz que Túnis (e Tunis, como também se vê) é melhor que Tunes. Pelo contrário, este último é, para muitos e bons estudiosos, o único admissível.

 

[Texto 5680] 

Helder Guégués às 11:48 | comentar | favorito
Etiquetas: ,