Os «camarados» do BE

Vejam lá isso

 

      «Depois de tropeçar na linguagem inclusiva e de ter chamado “camaradas e camarados”, o líder parlamentar do BE, Pedro Filipe Soares, terminou o discurso sob um forte aplauso: “Agora, a esquerda, agora um governo de esquerda! Agora o sonho do BE de governar o nosso país!”» («As cinco condições do Bloco para um casamento com o PS», Maria João Lopes, Público, 12.11.2018, p. 5).

      Vejam lá não percam votos com essas tretas. «Camarados», Pedro Filipe Soares... Habitualmente — diga-se sem medo de afrontar o politicamente correcto —, as mulheres são mais proclives do que os homens a estas tentativas canhestras de tornar tudo igual, violentando a língua. Para desmentir tendências imutáveis, veio agora um homem cair no mesmo erro.

                       

[Texto 10 275]

Helder Guégués às 21:15 | comentar | favorito | partilhar