Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

«Os Lusíadas» fora dos dicionários

Sr. Sacconi, que desilusão...

 

      «Ba∫ili∫cos medonhos & Liões», lê-se no primeiro verso da estância 69 dos Lusíadas. Ajudam os dicionários neste transe em que o leitor, um aluno, por exemplo, quer saber do que se trata? Vamos ver se o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora nos vale. O contexto é claro (basiliscos, leões, trabucos e minas), sim, e o leitor podia concluir logo que basilisco é o nome que se dava a uma antiga peça de artilharia. Mas quanto a leão? Leão, não compliquemos. Na falta de acepção que se mostre adequada, o leitor pode voltar a basilisco e julgar, erradamente, que se trata do réptil fabuloso... Não está bem, mas muito pior fez o Sr. Sacconi, que não regista nenhuma das acepções no seu decantado dicionário.

 

[Texto 6538]

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Paulo Araujo 14.01.2016 20:55

    Mari, não sei se sou eu "o senhor aqui acima"; se não sou, não abordo seu comentário. Se sou eu, seria bom que lesse meu primeiro comentário sobre o dicionário Sacconi, neste blogue, no qual mencionei o fato desagradável da extrema crítica que Sacconi faz a todo e qualquer outro dicionário. Quando o dicionário foi lançado enviei e-mail para o editor lamentando esse fato e dizendo que a obra teria sido melhor construída sem as verrinas contra o Houaiss e o Aurélio, sabidamente os dois mais completos dicionários brasileiros. Sacconi imita Caldas Aulete, Ramiz Galvão e muitos outros cuja intenção de fazer dicionários dava a impressão de que a melhor parte da obra era criticar a concorrência.
       Estudo dicionários e compro-os, gostando ou não, pois todos juntos fazem uma bela obra. A propósito, acabo de comprar o Houaiss editado em Portugal, atualizado e melhor do que a edição brasileira, ainda a primeira.
       Na minha postagem acima apenas comentei que o Sacconi é um dicionário sincrônico, não há porque ter a acepção de leão como canhão de artilharia; nem os artilheiros modernos sabem disso.
    Não decanto dicionários, não tenho procuração nem recebo para elogiar: elogio o que for elogiável e critico o que for criticável.
  • Comentar:

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.