«Os três mil milhões»

Não agradeça, mas concorde

 

   «Mark Zuckerberg quer toda a gente online. Ontem, em São Francisco, Califórnia, o fundador do Facebook revelou a intenção de ligar à Internet as três mil milhões de pessoas que em todo o mundo permanecem à margem» («Zuckerberg anuncia o fim dos call centers e um router voador maior do que um 737», Pedro Guerreiro, Público, 13.04.2016, p. 48).

      Pedro Guerreiro, não é «as três mil milhões de pessoas», mas sim «os três mil milhões de pessoas».

 

[Texto 6743]

Helder Guégués às 09:40 | comentar | favorito
Etiquetas: ,