Os Trumps, pois então

É tão raro

 

      É tão raro, que temos de o aplaudir cada vez que acontece: «Feitas as contas, os Trumps terão deixado propriedades avaliadas em 900 milhões de dólares (780 milhões de euros) em 2004, quando Donald Trump e os irmãos decidiram vender esse património. Uma década antes, numa declaração de impostos, Fred Trump declarara que as mesmas propriedades valiam 41,4 milhões de dólares (35 milhões de euros)» («Donald Trump, um império assente na fortuna do pai e em suspeitas de fraude fiscal», Alexandre Martins, Público, 4.10.2018, p. 25).

 

[Texto 10 048]

Helder Guégués às 06:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,