Os vários tipos de farmácias

Sabem? Não se nota nada

 

      «O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, explicou que Cascais é a primeira localidade em Portugal a aplicar os testes rápidos de rastreio da infeção por VIH e por vírus da hepatite C e B nas farmácias comunitárias e nos laboratórios de patologia e análises clínicas» («Testes rápidos ao VIH/sida e hepatites chegam às farmácias», Rádio Renascença, 10.10.2018, 00h07).

      Será que as pessoas sabem o que são farmácias comunitárias? Habitualmente, não sabem nada. Nem sabem, pelo que tenho visto ultimamente, usar um elevador como deve ser. Há a farmácia comunitária, também chamada farmácia de oficina, que é aquela que encontramos no nosso bairro ou localidade, a farmácia hospitalar e a farmácia industrial. Será que os lexicógrafos querem ajudar registando isto tudo? (De caminho, o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora deve registar também farmacoeconomia, por exemplo.)

 

[Texto 10 081]

Helder Guégués às 09:55 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,