Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Para eles, é grego

Para quem é

 

 

      «Era uma das diligências consideradas “relevantes” pelos pais dos seis estudantes da Universidade Lusófona que morreram no Meco, arrastados por uma onda na praia do Moinho de Baixo, na madrugada de 15 de dezembro de 2013. Mas a investigação requerida pelas famílias à Via Verde das viaturas de quatro honoris dux acabou por ser recusada pelo Ministério Público, agravando o descontentamento dos pais face ao processo. […] Alerta que ao longo dos anos os honoris dux participaram em todos os fins de semana dedicados às reuniões secretas do Conselho Oficial de Praxe Académica. “É estranho que não tenha estado nenhum desta vez”, insiste, em declarações ao DN, Vítor Parente Ribeiro» («MP recusou investigar via verde de carros de ‘dux’», Roberto Dores, Diário de Notícias, 21.06.2014, p. 16).

      O jornalista há-de saber, digo eu, que a língua latina também tem plural. Se tivesse investigado um pouco – nem precisava de ler Samuel Pufendorf –, chegaria a saber como é.

 

 [Texto 4743] 

1 comentário

Comentar post