«Patrono/padroeiro»

Se são sinónimos

 

      Estou aqui a ler que São Martinho se tornou o principal apóstolo de toda a Gália e é o padroeiro da França. Nesta acepção, sempre entendi os termos padroeiro, patrono e até orago como sinónimos. Mas cinjamo-nos aos dois primeiros, que até têm, por diferentes vias, o mesmo étimo. Porque é que, sendo sinónimos, não aparecem no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora com a mesma definição? Mais: em patrono nem sequer encontramos, como em padroeiro (e em orago), o domínio religião. Há aqui trabalho para fazer.

 

[Texto 8302]

Helder Guégués às 12:26 | comentar | favorito