«Pau de selfie»

É o que se ouve e lê

 

      «Importarmo-nos com possuir o tipo apropriado de pau de selfie» (A Arte Subtil de Saber Dizer Que Se F*da, Mark Manson. Tradução de Fernanda Semedo. Lisboa: Desassossego, 2018, p. 12).

      Quando se recomendou — vimo-lo aqui — que se dissesse «bastão de selfie», logo me pareceu que os falantes não iam por aí. O que me parece, eu, que não uso nem nunca usarei isso, é que «pau de selfie» se ouve mais. Aliás, até vai estando fora de moda, agora usam-se uns suportes que colam o telemóvel em praticamente qualquer superfície.

 

[Texto 9568]

Helder Guégués às 07:39 | favorito
Etiquetas: