Perdido na tradução

Nunca e jamais

 

 

      «A imprensa indiana escreveu que o político nacionalista nunca chegou a consumar o casamento[,] mas o irmão de [Narendra] Modi escreveu que o casamento jamais chegou a ser consumado» («Modi, “celibatário” favorito na Índia, reconhece que afinal é casado», Diário de Notícias, 11.04.2014, p. 26).

   Não percebo a adversativa — a afirmação é a mesma! Na página da AFP, lê-se isto: «La presse indienne a écrit que le mariage n’avait jamais été consommé.» Confere. E sobre o irmão: «Le frère aîné du chef du BJP a confirmé que Modi avait été marié à 17 ans par leurs parents.» O artigo não foi relido, e muito menos revisto.

 

[Texto 4367]

Helder Guégués às 19:17 | comentar | favorito
Etiquetas: ,