Plural: «social-democrata | sociais-democratas»

Tem de ser explícito

 

      «Na sequência de depurações ao mais alto nível, os partidos sociais-democratas de Leste, tal como outros, aceitaram o estatuto de meros instrumentos dos partidos comunistas» (Socialismo sem Dogma, Sottomayor Cardia. Lisboa: Publicações Europa-América, 1982, p. 116).

      Há coisas que não podem ficar na sombra: bem sei que a opção da Porto Editora é a de pluralizar — como eu faço e defendo — em sociais-democratas tanto o adjectivo como o substantivo, mas tem de o fazer, para se tornar verdadeiramente útil, como decerto será o seu escopo, explicitamente. Dúvidas já os falantes têm, e não são poucas, agravadas por aqueles que vêm deliberadamente, a coberto do anonimato, sugerir o contrário do que eles próprios fazem.

 

[Texto 11 492]

Helder Guégués às 10:42 | comentar | favorito
Etiquetas: ,