«Por havê-lo encontrado»

É um facto

 

 

     «Relacionei-me com esse italiano por havê-lo encontrado em casas de gente abastada onde ele ensinava o seu idioma e eu desenho» (A Mulher de Branco, Wilkie Collins. Tradução de Maria Franco e Cabral do Nascimento. Lisboa: Portugália Editora, 1972, 2.ª ed., p. 9). No original:  «I had first become acquainted with my Italian friend by meeting him at certain great houses where he taught his own language and I taught drawing.»

     Seriam poucos os tradutores que, hoje em dia, não pespegavam ali com um «facto». Até me parece que acham que «por havê-lo encontrado» está errado.

 

[Texto 4739]

Helder Guégués às 13:59 | favorito
Etiquetas: ,