Professores e jornalistas

Poing!

 

      «Os alunos que escolhem cursos do ensino superior da área da Educação, e esperam portanto virem a ser professores, estão entre os que têm pior desempenho a Português, indica um estudo da Direcção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC)» («Futuros professores são piores a Português do que aqueles que serão médicos», Clara Viana, Público, 10.01.2019, p. 14).

      De facto, tenho visto uma boa amostra desta espécie. Mas, que dizer dos que vão para o jornalismo? Clara Viana devia escrever «e que esperam portanto vir a ser professores» — porque a marca da pessoa já está no primeiro verbo.

 

[Texto 10 568]

Helder Guégués às 11:42 | favorito
Etiquetas: ,