Quando as nossas palavras não chegam

Em bom português

 

    «A Merriam-Webster pode servir como uma espécie de legenda discreta ou uma piada em registo deadpan da actualidade» («Quando até o dicionário se vira (subtilmente) contra Donald Trump», Joana Amaral Cardoso, Público, 6.02.2017, p. 22).

    Outro triste caso — decerto que o Eremita concorda — em que a jornalista usa escusadamente uma palavra estrangeira. Para quê? Não será, como já aqui se tem diagnosticado, mera cagança? Pobres leitores...

 

[Texto 7468]

Helder Guégués às 21:29 | favorito
Etiquetas: ,