«Raba», de novo

Não há fome que não dê em fartura

 

      Outra coincidência: na sexta-feira, falei aqui das rabas. Eis que ontem: «Raba. É uma raiz resultante do cruzamento de uma couve com o nabo. Cultiva-se em algumas regiões de Trás-os-Montes e é usada para alimentar os animais. De aspeto semelhante ao nabo, algumas chegam a pesar um quilo» («Raba», Adriana Freire, «Notícias Magazine»/Diário de Notícias, 15.02.2015, p. 53).

 

[Texto 5568]

Helder Guégués às 09:23 | favorito
Etiquetas: ,