Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

«Recordista de vendas»

O autor e não a obra

 

   «Toffler continuou a sua pesquisa, que levou a dois outros livros recordistas de vendas: A Terceira Vaga (1980) e Powershift (1990), sempre apoiado pela sua mulher, Heidi Toffler, que o ajudava nas pesquisas e também como editora da trilogia e coautora» («Morreu o visionário da sociedade da informação», Rute Coelho, Diário de Notícias, 1.07.2016, p. 25).

      Será mesmo uma alternativa ao omnipresente bestseller, como parece? Talvez não: vejo-o mais facilmente aplicado a uma pessoa do que a um livro ou disco. Assim, recordista de vendas seria Toffler.

 

[Texto 6925]

5 comentários

Comentar post