Regência de «repúdio»

E se lesse um pouco?

 

 

      «Repúdio pelo diferente», escreve aqui o autor, que rejeitou a minha emenda. Está errado. «Desta incompatibilidade nasce o desentendimento com o advogado, o crescente isolamento final e, concomitantemente, com o total repúdio do mundo dos outros e dos valores que eles encarnam, uma progressiva e profunda identificação consigo mesmo» (A Felicidade em Albert Camus, Marcello Duarte Mathias. Alfragide: Publicações Dom Quixote, 2013, 3.ª ed., p. 193).

 

  [Texto 3942]

Helder Guégués às 11:34 | comentar | favorito