Regência do verbo «gostar»

Já era

 

      «Mobilizaram esforços, criaram petições e entregaram uma carta à Administração Central do Sistema de Saúde com milhares de assinaturas, já que um valor a menos pode ser o suficiente para que qualquer um destes jovens fique o resto da vida a trabalhar numa especialidade que não goste» («Finalistas de Medicina rejeitam mudança de bibliografia para exames», Andreia Filipa Novo, Jornal da Tarde, RTP1, 14.04.2015).

    O verbo gostar pede a preposição de. Dantes sabia-se isto; agora, gramática e Portugueses falam línguas diferentes. Reparem que se trata de uma jornalista, não de um cantoneiro de limpeza.

 

[Texto 5760]

Helder Guégués às 14:30 | favorito