Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Regência nominal

Não sabem reger(-se)

 

      «Nenhum deles deixaria, se as suas cronologias fossem diferentes, de aplaudir as intervenções de Miss De Havilland nos tempos conturbados da reeleição de Roosevelt: indefetível apoiante dos Democratas, foi também uma feroz combatente ao que considerava serem a propaganda e as infiltrações comunistas. Última ironia: nesse momento de avanço público, o seu grande apoio foi um ator mediano – sejamos simpáticos – chamado Ronald Reagan» («Olivia de Havilland, 100 anos. A que o vento não levou», João Gobern, Diário de Notícias, 1.07.2016, p. 40).

      Não é essa a regência nominal, mas sim combatente de; logo, Olivia De Havilland «foi também uma feroz combatente do que considerava, etc.».

 

[Texto 6928]

3 comentários

Comentar post