Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linguagista

Revisão, precisa-se

Nota-se, pois

 

      «Mas engane-se quem pense que este desconfinar da cultura se alastrou a todos quantos dela fazem o seu modo de vida e de ganha-pão: as Corridas de Touros continuam proibidas, sem que nenhuma justificação lógica sustente este verdadeiro atentado aos mais elementares direitos dos amantes dos toiros» («Fobia aos touros», Pedro Ochôa, Nascer do Sol, 21.04.2021).

      O nome do jornal não é feliz (adequa-se mais a modesto restaurante da província), e deve haver por aí muita gente confusa com este e com o novo Sol. Quanto ao que está assinalado: está errado, claro. Havia, pelo menos, duas formas de o dizer: «desengane-se quem pense» e «engana-se quem pensa». Falta de revisão, do próprio e do jornal. E nota-se.

 

[Texto 14 989]