«Safra/contra-safra/entressafra»

Falta sempre alguma

 

      «Além disso, Alexandra Correia, que estuda estes ciclos de safra e contra-safra (boas e más colheitas), lembra que depois de “um ano de safra excepcional é natural que se registe uma quebra”. Ainda assim, nota, Portugal continua a ser o país que tem a maior produção de pinha por área» («Eles querem saber como, quando e onde ataca em Portugal o sugador de pinhas», Andrea Cunha Freitas, Público, 6.04.2016, p. 27). Safra todos os dicionários registam. Mas temos mais dois termos relacionados, contra-safra e entressafra. O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora regista o primeiro, mas não o segundo. O Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa regista o segundo, mas não o primeiro. Ora, «entressafra» é somente usado, ao que parece, no Brasil, pelo que seria mais natural que estivesse ausente de um dicionário publicado em Portugal. (Cá está uma coisa pouco lógica na ortografia do AO45: «contra-safra», mas «entressafra».)

 

[Texto 6726]

Helder Guégués às 09:42 | comentar | favorito
Etiquetas: ,