Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Serviço público

Para brutos, em bruto

 

     A criança, disse a testemunha à reporter da RTP1, «já estava em certidão de óbito». Ocorrem-me várias perguntas, mas deixo duas. Não podiam editar as peças antes de as lançarem cá para fora? Porquê esta insistência reiterada na asneira?

 

[Texto 5951]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.