Siniša Mihajlović, daqui não levas nada

Isso seria pedir muito

 

      «Chama-se Sinisa Mihajlovic, um sérvio com passado brilhante como jogador e muito itinerante como treinador» («Sporting escolhe o sérvio nacionalista do pé-canhão para suceder a Jesus», Marco Vaza, Público, 19.06.2018, p. 45).

      Curiosamente, na fotografia que ilustra o artigo, vê-se o novo treinador do Sporting a mostrar a camisola do clube e o seu apelido aparece grafado com o cáracter especial do alfabeto latino sérvio, Mihajlović. Porque é Siniša Mihajlović. A nossa imprensa é que não é dada a tais apuros. Sim, é verdade: esse apuro tinha de começar com a língua portuguesa. 

 

[Texto 9453] 

Helder Guégués às 13:08 | comentar | favorito
Etiquetas: ,