Sobre «caldeira»

Alguém conhece?

 

 

    «Têm agora a palavra os proprietários, havendo contactos desenvolvidos pela autarquia no sentido de se intervir com urgência, após muitas décadas de abandono. “Não existem muitas zonas na área metropolitana de Lisboa que sejam propriedade de privados com acesso de rio, possibilitando que alguém chegue de barco e entre na sua quinta e estacione”, diz o vereador do Planeamento.

    A Quinta do Braamcamp, por exemplo, tem uma caldeira de 100 metros por 50, adequada à prática de desportos náuticos» («Zona ribeirinha do Barreiro está a caminho de ser devolvida à população», Luís Nascimento, Público, 24.08.2014, p. 21).

 

[Texto 4989]

Helder Guégués às 06:30 | comentar | favorito
Etiquetas: