Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Sobre o verbo «avocar»

E está certo

 

 

      «João Gouveia, único sobrevivente do grupo dos sete, era para ter sido ouvido ontem pela Polícia Marítima. Mas a audição foi adiada e será já o procurador-coordenador do Tribunal do Círculo de Almada que o ouvirá, segundo a SIC. A Procuradoria-Geral da República (PGR) limita-se a confirmar que o inquérito foi avocado pelo procurador de Almada. E que “serão realizadas todas as diligências adequadas ao esclarecimento das circunstâncias em que ocorreram as mortes”. A investigação “não é orientada para pessoas determinadas”, porque não há, até ver, indícios de prática de crime» («Investigação a acidente do Meco muda de mãos e está em segredo de justiça», Andreia Sanches e Catarina Gomes, Público, 22.01.2014, p. 6).

      Já uma vez, no Assim Mesmo (com um milhão de visualizações, apesar de abandonado) tínhamos tratado da regência do verbo «avocar». Aqui, está correcto.

 

  [Texto 3905] 

5 comentários

Comentar post