Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Sobre «porno»

Garganta funda

 

 

      «É uma exemplar história de ascensão e queda. Tentou ser actor nos palcos, filmou lúgubres pornos porque precisava de dinheiro antes de chegar ao Dr. Young de Garganta Funda, filme para o qual tinha sido contratado inicialmente como assistente de iluminação» («Morreu Harry Reems, o médico de Garganta Funda», Público, 22.03.2013, p. 36).

     O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, que apenas o regista como adjectivo, garante que é invariável. Engana-se, tal como acontece em relação a «extra». Adjectivo ou substantivo, varia.

 

[Texto 4271]

2 comentários

Comentar post