Sobre «predador»

Em sentido figurado, pois

 

      «Para identificar o predador, foram essenciais os vestígios biológicos deixados nos lençóis e no pijama da vítima» («Ataca jovem na cama e força-a a fazer sexo», Nelson Rodrigues, Correio da Manhã, 2.11.2017, p. 13).

    Fará sentido usar tal termo neste contexto? Não me parece. No Correio da Manhã, muito atreito ao drama, ao horror, ao desespero, à desgraça, não fica mal, mas o certo é que se lê por aqui e por ali a palavra para designar os violadores. No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, o verbete está incompleto.

 

[Texto 8327]

Helder Guégués às 12:19 | comentar | favorito