Sobre «sigla»

Aprender com os erros?

 

      «“A indescritível dimensão das violações e dos abusos de direitos humanos, os assassinatos e a forma como são exibidos, as perseguições atrozes de grupos religiosos e étnicos — nomeadamente cristãos e yazidis — e os actos sistemáticos de violência sexual que vitimam mulheres e crianças não podem ficar impunes”, sentenciou. “A actuação desumana do autoproclamado ISIS [Estado Islâmico nas siglas inglesas] reforça a nossa determinação em erradicar este grupo terrorista que ameaça os valores e os princípios mais elementares que todos partilhamos”, sublinhou» («Rui Machete reivindica liberdade de expressão e defende papel dos jornalistas», Nuno Ribeiro, Público, 3.03.2015, p. 8).

      Tudo tão simples, mas é como se vê. Nuno Ribeiro, sigla, no singular, é nome da sequência formada pelas letras ou sílabas de palavras que constituem uma expressão. Logo, ISIS é uma sigla inglesa, não duas ou três.

 

[Texto 5626]

Helder Guégués às 21:19 | favorito
Etiquetas: ,