«Sobre/sob», de novo

A ignorância continua

 

     A polícia prossegue, no cumprimento da lei, o seu implacável combate à venda de animais de espécies protegidas. «“Foram detidos dois homens por posse de parte das aves, um por posse de aves e por resistência e coação sob funcionário e ainda um quarto por resistência e coação sob funcionário”, esclarece a PSP» («Quatro detidos por alegada venda de aves de espécies protegidas», TSF, 3.12.2017, 19h49).

    Já estou a imaginar os passarinheiros execrandos, os grandes criminosos coagidos debaixo do funcionário, talvez com a promessa de umas bastonadas cariciosas.

 

[Texto 8431]

Helder Guégués às 08:50 | favorito
Etiquetas: ,