Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Como vai a aplicação do AOLP90

Como se vê

 

      Assim se vai consolidando a aplicação do AOLP90 entre nós: «Cada vez que o país pára, todos perdemos» (Bruno Contreiras Mateus, Diário de Notícias, 19.05.2024, p. 2). O Diário de Notícias prossegue a bom ritmo a demolição da ortografia a que aderiu: «91% das empresas sem mão-de-obra para objetivos da economia verde» (Sónia Santos Pereira, 9.04.2024, p. 15). «Partidos contra o único frente-a-frente entre AD e PS na TV» (Abílio T. Ribeiro, Jornal de Notícias, 8.05.2024, p. 22). «O cabeça-de-lista da Alternativa para a Alemanha (AfD) anunciou ontem o seu afastamento da campanha para as europeias, mas também a demissão da comissão executiva federal do partido de extrema-direita, na sequência da polémica que causou ao afirmar que os membros do grupo paramilitar nazi SS não são “automaticamente criminosos”» («Escândalo da AfD pode mudar desenho europeu da extrema-direita», Ana Meireles, Diário de Notícias, 23.05.2024, p. 18).

      No fundo, tudo se estriba no que a cada um parece, e já se sabe como são as opiniões. Abalizadas é que poucas vezes o são.

 

[Texto 19 814]

Como se vai aplicando o AO90

Um horror sem fim

 

Ante scriptum: Ainda persiste uma «delecção» espúria no verbete síndrome do Dicionário de Termos Médicos. Além de várias pontas soltas que estão a ficar esquecidas.

      «Começará hoje, pelas 20.30 horas, com transmissão em simultâneo pela RTP, SIC e TVI, o único frente-a-frente que oporá, nesta campanha para as legislativas de 10 de março, os líderes do PS, Pedro Nuno Santos, e do PSD, Luís Montenegro» («Pe­dro Nuno e Montenegro frente-a-frente. “Importante”, mas não “decisivo”», João Pedro Henriques, Diário de Notícias, 19.02.2024, p. 6). Lindo serviço: o editorial, assinado pelo director, José Júdice, não segue o AO90; dispersos por todas as páginas, encontramos, todos os dias, erros ortográficos. Se fossem coerentes, se tivessem coragem e respeito pelos leitores — desistiam de aplicar regras ortográficas que não dominam ou com que não concordam. Assim é um suplício e uma palhaçada.

 

[Texto 19 408]