22
Jan 20

Léxico: «joviano»

Para lá de Marte

 

      «Assim, de um lado estavam os planetas rochosos, como a Terra ou Marte, e do outro, os conhecidos como “jovianos”, entre os quais Júpiter e Saturno. Segundo os investigadores, a “Grande Divisão” atualmente já não tem a estrutura original, mas é um “trecho de espaço vazio” localizado perto de Júpiter, além do que os astrónomos chamam “cintura de asteroides”» («Cientistas descobrem origem da “Grande Divisão” do Sistema Solar», TSF, 13.01.2020, 21h46).

      Conhecidos, não há dúvida, mas não pelo dicionário da Porto Editora. O adjectivo joviano apenas aparece em dois dicionários bilingues.

 

[Texto 12 689]

Helder Guégués às 09:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «testemunha»

Vinho de torna-viagem

 

      «A viagem [do navio-escola Sagres], com regresso a Lisboa previsto para 10 de janeiro de 2021, pretende avaliar a influência da viagem no Moscatel de Setúbal. Com esse objetivo, a José Maria da Fonseca compara as ‘testemunhas’, cascos de Moscatel de Setúbal das mesmas colheitas que permaneceram na adega, com os moscatéis que viajaram» («Moscatel de Setúbal dá a volta ao Mundo», Paulo Fonte, «Sexta»/Correio da Manhã, 17-23.01.2020, p. 43).

      Se fosse em inglês, ficaríamos todos maravilhados e esta acepção de testemunha estaria em todos os dicionários.

 

[Texto 12 688]

Helder Guégués às 09:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «semiaquático»

Cabe lá

 

      «O estudo, publicado na revista científica Biological Conservation, estima que, nas condições climáticas atuais, a população destes mamíferos ovíparos semiaquáticos diminuirá entre 47% e 66% nos próximos 50 anos, acelerando a sua extinção» («Ornitorrinco em perigo. Estudo conclui que animal corre risco de desaparecer», TSF, 20.01.2020, 22h06).

      Não é nenhuma tragédia, decerto, mas, se está noutros dicionários e vocabulários, porque não o encontramos no dicionário da Porto Editora?

 

[Texto 12 687]

Helder Guégués às 09:15 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «ressincronização cardíaca»

Para que se saiba

 

     «[Portugal] Tem também um “elevado número” de hospitais a implantar pacemakers permanentes, desfibrilhadores, sistemas de ressincronização cardíaca e procedimentos de eletrofisiologia, em linha com a maior parte dos países da Europa Ocidental» («Portugal tem taxas de mortalidade por AVC superiores a todos os países da Europa ocidental», Rádio Renascença, 20.01.2020, 18h50, itálico meu).

 

[Texto 12 686]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «hiperpotência»

Só há uma

 

      «Do fim da Guerra Fria sobrou apenas uma superpotência cuja superioridade em face das restantes não mais parou de crescer, rapidamente atingindo o estatuto de hiperpotência, enquanto a outra superpotência perdia poder, passando a grande (em vários aspetos, mesmo média) potência, sem que surgisse qualquer nova superpotência» (Manual de Geopolítica e Geoestratégia, Pedro de Pezarat Correia. Lisboa: Edições 70, 2018, p. 510).

 

[Texto 12 684]

Helder Guégués às 08:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «peso-pena»

Faltava esta

 

      «“Se estão motivados por dinheiro e fama, estão motivados pelas coisas erradas. Que se lixe a fama, estou aqui para ganhar dinheiro. Quando me reformar, quero ser gordo e não fazer nada”, confessou no documentário Notorious, que aproveitou para o título a alcunha que McGregor foi consolidando no ringue. E o lado de novo rico do campeão de peso-pena está à vista de todos: uma garagem luxuosa, que inclui um Lamborghini verde alface, várias propriedades, entre a Irlanda e os EUA, um iate e outras excentricidades» («O adolescente que só queria defender-se continua a atacar. Conor McGregor», Nuno Sousa, Público, 20.01.2020, p. 47).

      Já sugeri vários destes termos relativos a estas categorias à Porto Editora, que já acolheu alguns. Esta, porém, creio que é a primeira vez. Só regista «peso-pluma»...

 

[Texto 12 683]

Helder Guégués às 08:15 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «octógono»

Foi por aí

 

      «Após um hiato de mais de um ano, o irlandês que revolucionou o universo do UFC [Ultimate Fighting Championship] regressou ao octógono. E fê-lo com uma vitória à sua imagem, demolidora. De desempregado a milionário, foi uma questão de tempo. E de determinação» («O adolescente que só queria defender-se continua a atacar. Conor McGregor», Nuno Sousa, Público, 20.01.2020, p. 46).

      Ia jurar que já tinha trazido esta questão aqui ao blogue — ou terá sido no Speakers’ Corner de Hyde Park? Ou na rádio? Pois, não sei, já não me lembro.

 

[Texto 12 682]

Helder Guégués às 08:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,
21
Jan 20

Léxico: «radiómica»

Uma coisa nova

 

      «Leonardo Vanneschi [Nova IMS] vê muito potencial na radiómica, uma subárea recente da oncologia que tem o objectivo de obter características de imagens médicas para lá do que o olho humano consegue ver. Através da inteligência artificial, ajuda os médicos a decidir sobre quais as terapias mais adequadas. [...] Contudo, o investigador realça que a radiómica ainda não está a ser desenvolvida em larga escala porque é “um processo complexo”: “Hoje em dia, muitas fases da radiómica são lentas, têm erros e implicam o uso de máquinas sofisticadas”. [...] No futuro, pretende-se criar uma rede internacional de hospitais e clínicas que querem trabalhar com a radiómica» («E se víssemos lesões do cancro para além do olho humano?», Teresa Sofia Serafim, Público, 20.01.2020, p. 32).

 

[Texto 12 681]

Helder Guégués às 09:45 | comentar | favorito
Etiquetas: ,