09
Jul 20

Léxico: «girocóptero»

Para terminar

 

      Ofereço-vos esta: «É uma versão moderna dos autogiros, precursores dos helicópteros e dos quais se diferencia por o rotor horizontal ser movido não a motor mas pela deslocação do ar. Isso faz com que não possa descolar e aterrar na vertical, necessitando de umas dezenas de metros de pista. Em contrapartida, se o motor porventura falhasse, o girocóptero deslizaria suavemente até ao solo» («Afinal havia outro Algarve», Rui Cardoso, «Revista E»/Expresso, 27.06.2020, p. 75).

 

[Texto 13 691]

Helder Guégués às 09:45 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «rede»

Fora da rede

 

      «A rede era outro meio de transporte característico da Madeira de Oitocentos. Derivava da evolução de dois outros métodos anteriores: a cadeirinha, e depois o palanquim. A primeira, construída em madeira, era carregada por dois indivíduos que a seguravam pelas varas. O segundo constituía-se por uma espécie de prancha ornada em metal, de base firme onde se ia sentado sobre almofadas, de pernas estendidas. A base era suspensa numa vara que seguia carregada aos ombros. A rede era o meio mais cómodo e seguro para pessoas debilitadas. Era construída por um tecido de malha forte, suspenso numa vara, que era carregada por dois homens, um em cada extremidade. Na cidade, a rede era acolchoada, ladeada por folhos compridos. Era encimada por um pequeno toldo que a protegia parcialmente, onde corriam cortinas claras de fazenda, apanhadas à frente, em bambinelas. No campo, a rede não era tão adornada. Neste caso, era mais frequente em malha tingida de azul, coberta por uma colcha sobre a vara, o que lhe proporcionava um toldo angulado» (A Madeira através de Gravura, dissertação de mestrado, José A. de Barros Rodrigues. Universidade da Madeira, 2011, p. 79). Não foi apanhada na rede dos dicionaristas, infelizmente.

 

[Texto 13 690]

Helder Guégués às 09:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Definição: «pozolana»

Em duas palavras

 

      «Pozolana é um excelente material para a construção e encontra-se em abundância na ilha de Santo Antão. São rochas sedimentares de natureza ácida com elevado teor de sílica não cristalina, podendo ser de cor clara, cinzento-escuro, avermelhada e rosa, dependendo da quantidade de óxidos metálicos que contenham, assim será a sua coloração. Devido à sua grande resistência, os romanos utilizam este material desde o ano II a. C. na construção de grandes estruturas como pontes, cúpulas e vigas» (Materiais e Técnicas Construtivas de Baixo Custo para a Construção em Cabo Verde, Claudete Simone Cabral Neves, dissertação de mestrado, Universidade de Coimbra, 2014, p. 27).

      Sobre pozolana, o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora diz, pobremente, que é uma «rocha vulcânica». Também em duas palavras: ficamos esclarecidíssimos.

 

[Texto 13 689]

Helder Guégués às 09:15 | comentar | favorito

Definição: «aerossol»

É a oportunidade

 

      «Numa carta aberta, 239 cientistas apelaram à comunidade médica e às autoridades nacionais e internacionais que estava na hora de dar mais atenção à transmissão do vírus através de aerossóis (partículas aéreas de muito pequena dimensão que pairam no ar). Ao longo do documento, alertou-se que os aerossóis com o vírus podem viajar dezenas de metros nos espaços fechados e que, devido ao seu potencial de transmissão, as medidas de prevenção devem ser alargadas. [...] Os modos de transmissão do vírus estão associados às diferentes dimensões das partículas que são exaladas. Primeiro, há partículas que têm entre zero e dez micrómetros (cada micrómetro corresponde à milésima parte de um milímetro) e é nesta classe que se inserem os aerossóis» («Em locais fechados, aerossóis do vírus viajam dezenas de metros», Teresa Sofia Serafim, Público, 8.07.2020, p. 25).

      Há aqui matéria-prima suficiente para corrigir e enriquecer a definição de aerossol no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora.

 

[Texto 13 688]

 

Helder Guégués às 09:00 | comentar | favorito

Léxico: «tematizar»

Em bilingues...

 

      Porto Editora, este verbo só o tens em dicionários bilingues: «O que nele cativa é a forma como explora o valor afetivo da comida, tematizando a sua função evocativa e mediadora (memórias que ressuscita, relações que fomenta)» (excerto da recensão do filme Ramen Shop – Negócio de Família, Vasco Baptista Marques, «Revista E»/Expresso, 27.06.2020, p 68).

 

[Texto 13 687]

Helder Guégués às 08:45 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «estepário»

Das estepes

 

      «O problema tem-se acentuado: quem vive no Campo Branco reconhece que o território “deixou de cumprir o seu papel de habitat de inúmeras espécies estepárias” à medida que a conversão dos solos agrícolas de sequeiro para regadio prossegue na sua periferia, sobretudo nos chamados barros de Beja. [...] No entanto, o problema não reside apenas na intensificação agrícola. A perda ou a degradação do habitat estepário (pastagens, pousios, searas) na ZPE acentuou-se quando os produtores pecuários, devido à perda de rendimento, foram substituindo, progressivamente, os ovinos pelo gado bovino nas pastagens» («Abetardas estão a desaparecer do seu último reduto em Castro Verde», Carlos Dias, Público, 27.06.2020, p. 24).

 

[Texto 13 686]

Helder Guégués às 08:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «hifenado | amish»

Os eimiches

 

      «Os EUA estão cheios de comunidades “hifenadas” (há quem prefira dizer hifenizadas). São americanas, mas mantêm ligações com o seu passado. Entre elas, os judeus, os amish, os negros e, naturalmente, os portugueses. Não vejo nada de particularmente diferente nas comunidades portuguesas a esse respeito [afirma Onésimo Teotónio Almeida]» («“Se a esperança faltar, estamos completamente tramados”», Teresa Firmino, Público, 27.06.2020, p. 36).

      Hifenado, sim. E porque não regista o dicionário da Porto Editora o vocábulo amish? Na Infopédia, a única vez que aparece está indevidamente grafado: «Convidado a exercer a sua profissão em Hollywood, iniciou a sua fase americana com The Witness (A Testemunha, 1985) cuja ação gira em torno de um detetive (Harrison Ford) que é chamado a investigar um crime ocorrido no seio de uma comunidade rural Amish

 

[Texto 13 685]

Helder Guégués às 08:15 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «subtratar»

E vice-versa

 

      «O médico [Manuel Branco Ferreira, presidente da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica] lamenta que, muitas vezes, os sintomas alérgicos acabem por ser desvalorizados ou até ignorados porque, apesar de a “alergia ser uma patologia muito frequente, muitas vezes, está subdiagnosticada e subtratada”» («Confinamento e menor exposição a pólenes ajudaram doentes alérgicos», Sara de Melo Rocha, TSF, 8.07.2020, 7h38).

 

[Texto 13 684]

Helder Guégués às 08:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,