Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Como falam os políticos

Assim e muito pior

 

      Alguém pode dizer a Francisco Rodrigues dos Santos (consultem aí a agenda de campanha) que não precisa de usar o vocábulo castelhano ganadero, pois temos termo próprio? Obrigado.

 

[Texto 15 904]

Ah, em inglês é que é

A lamúria de sempre

 

      «Lembra-se de fazer passeios em parques e pela beira dos canais em busca de plantas e cogumelos. O termo é “foraging”, e inclui também as algas. Em português até se pode dizer “forragear”, mas a especialista [Fernanda Botelho] gostava de encontrar uma palavra mais bonita que traduzisse o conceito, cada vez mais em voga, tanto por razões de sustentabilidade como de diversidade» («Comida à mão de apanhar», Joana Stichini Vilela, «Revista E»/Expresso, 30.10.2021, p. 70).

      Já estamos habituados a esta lamúria: ah, em inglês é que é! Ainda que sejam semelhantes — no caso, o étimo, francês, é o mesmo —, em inglês é sempre melhor. Assim não vamos longe.

 

[Texto 15 818]