«Tarrafalista», de novo

Última vez?

 

      «A sede da autarquia da capital acolhe desde terça-feira o Centro Cívico Edmundo Pedro, onde se vão instalar coletividades e organizações da sociedade civil, que terão ao seu dispor áreas de trabalho, uma sala multiusos, uma copa e o auditório da Câmara de Lisboa. A inauguração decorreu no dia 25 de abril numa homenagem a Edmundo Pedro, resistente antifascista e o único dos ‘Tarrafalistas’ ainda vivo» («Novo Centro Cívico Edmundo Pedro em Lisboa», Destak, 27.04.2017, p. 2).

      Já aqui tinha tratado deste caso anómalo do vocábulo «tarrafalista». O que há de novo, para justificar trazê-lo aqui de novo, é precisamente a forma como o jornalista o grafou, com maiúscula. Com aspas já o tínhamos visto. Enfim, pode sempre fazer-se pior.

 

[Texto 7753]

Helder Guégués às 10:54 | comentar | favorito
Etiquetas: