«Tibórnia/tiborna»

Nada de gloríolas

 

      Numa emissão da semana passada do Portugal em Directo, na Antena 1, falaram num levantamento do léxico específico de Sines que a Universidade de Évora está a fazer naquele concelho. Pela amostra, porém, não me parece que tenha muito de específico. Uma das palavras mencionadas foi «tibórnia». Nada de gloríolas: a palavra é usada praticamente em todo o País. «As tibórnias — pão torrado e molhado no primeiro azeite que os proprietários mandam fazer nos lagares de maquia» (Freixo de Espada à Cinta: monografia, Joaquim Augusto Ramos Taborda. Lisboa: SNI, 1948, p. 79). Existem ambas e são variantes: tiborna e tibórnia.

 

 

[Texto 10 947]

Helder Guégués às 08:10 | comentar | favorito
Etiquetas: ,