Todos os presuntos

Uma parcela de ignorância

 

       «A propósito da apresentação recente de um estudo promovido pela ANIPLA [Associação Nacional da Indústria para a Protecção das Plantas], que dirijo, ouvi contar uma história sobre uma visita realizada por uma comitiva a uma das edições passadas da Feira Nacional da Agricultura durante a qual uma deputada, ao ver uma ovelha negra, exclamou: “Agora já entendi a razão de ser do Pata Negra!”» («Pata Negra de ovelha», António Lopes Dias, Público, 11.06.2016, p. 56).

      A ignorância é uma coisa triste, é bem verdade, mas não vimos já aqui que hoje em dia se fazem presuntos de ovelha e de cabra? Então...

 

[Texto 6880]

Helder Guégués às 17:23 | favorito
Etiquetas: