Toscana

Sempre virgens

 

    Eu não digo que há sempre pior? Ontem, vi o filme Eu e Tu, de Bertolucci, e, nas legendas em português, lia-se «Tuscânia». Aqui deixamos os desparabéns ao tradutor. Surpreendente foi apenas a versão italiana de Space Oddity, de David Bowie, que desconhecia. Ragazzo solo, ragazza sola.

 

[Texto 5641]

Helder Guégués às 10:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,