Os galões americanos

Porque é demasiado volátil

 

 

      «Coburn e Taylor também tinham de ir buscar o bidão de duzentos e vinte litros [55-gallon drum of fuel] de combustível, que Majid lhes guardara» (O Voo das Águias, Ken Follett. Tradução de Isabel Nunes e Helena Sobral. Queluz de Baixo: Editorial Presença, 2013, 3.ª ed., p. 352).

      No original, é sempre 55-gallon; na tradução, já foram convertidos para 200, 220 e 250 litros. Como não é uma edição bilingue, o leitor não fica a saber de nada. É um descanso.

 

[Texto 3999]

Helder Guégués às 08:04 | favorito
Etiquetas: