Tradução: «clerk» e «sexton»

Pois é...

 

 

      No original: «My own impression was, that he had been first used (without any guilty knowledge on his own part) to ascertain the fact of the clerk’s absence from home on the previous day, and that he had been afterwards ordered to wait near the church (but out of sight of the vestry) to assist his master, in the event of my escaping the attack on the road, and of a collision occurring between Sir Percival and myself.» Na tradução: «A minha impressão é de que o mandaram primeiro verificar a ausência do velho sacrista e postar-se em seguida perto da igreja para auxiliar o patrão no caso de eu haver escapado ao ataque na estrada e me encontrar com ele» (A Mulher de Branco, Wilkie Collins. Tradução de Maria Franco e Cabral do Nascimento. Lisboa: Portugália Editora, 1972, 2.ª ed., p. 420). No original: «I saw them stop near the church and speak to the sexton’s wife, who had come from the cottage, and had waited, watching us from a distance.» Na tradução: «Vi-as parar junto da igreja e falarem à mulher do sacristão, que saíra de casa e nos observara a distância» (p. 86). No original: «The other looked towards the stone quarry in which the sexton’s cottage was built.» Na tradução: «A outra [fresta] deitava para a pedreira na qual estava o casebre do coveiro» (p. 75). O sacrista, o sacristão e o coveiro... O casebre... Deus lhes perdoe.

 

[Texto 4820]

Helder Guégués às 16:33 | favorito
Etiquetas: