Tradução: «district», de novo

Ora bolas

 

      No coração do Chiado, abriu agora o Wine District. Para inglês ver e beber, está tudo dito. Mas, e os indígenas? A jornalista Ana Cristina Marques, do Observador, tem dificuldade em descrever a coisa. No título, diz logo que é um distrito: «Em Lisboa há um distrito inteiro dedicado ao vinho». Depois, porém, megalómana, afirma que é — xi! — um mundo, não sem acabar por confessar, já com os pés assentes na terra, que «não é propriamente fácil dar de caras» com o espaço.

 

[Texto 7652]

Helder Guégués às 15:15 | favorito
Etiquetas: ,